Período fértil: veja os sintomas e como calcular

Veja os sinais que o corpo dá no período fértil e como calcular esse período

O período fértil é o espaço de tempo dentro do ciclo menstrual em que a mulher pode engravidar. Isso ocorre porque enquanto o homem produz espermatozoides o tempo todo, a mulher só libera um ou dois óvulos uma vez por mês.

PUBLICIDADE

Além de levar em conta quando o óvulo é liberado, normalmente o cálculo também considera o tempo que o espermatozoide tem para fecundar esse óvulo, já que eles sobrevivem no organismo por entre três e cinco dias. Portanto, o período fértil é o intervalo de seis dias que acaba no dia da ovulação.

O período fértil normalmente ocorre no meio do ciclo menstrual, 14 dias antes da próxima menstruação.


Sintomas do período fértil

O ciclo menstrual causa uma série de mudanças no organismo ao longo de sua duração. Durante o período fértil e a ovulação não é diferente: a mulher pode sentir alguns sintomas. Entre eles ocorrem:

Leve dor no baixo ventre

É uma dorzinha que provoca leves pontadas no baixo ventre, embora nem toda mulher perceba isso. Não chega a ser uma dor forte, é apenas um incômodo. Isso acontece porque o óvulo rompe uma estrutura que o envolve dentro do ovário, e é este rompimento que pode causar esse pequeno mal-estar. Por isso, ao sentir essa pontada na região pélvica, há grandes chances de estar ovulando.

Secreção semelhante à clara de ovo

Durante o período fértil, é comum a mulher perceber o aumento da secreção vaginal, que fica semelhante a uma clara de ovo e é meio elástica, sem odor forte. Isso acontece porque o organismo feminino está preparado para fecundar e essa secreção tem o papel de facilitar a chegada dos espermatozoides ao óvulo. Embora ocorra durante todo o ciclo, isso é mais evidente durante a ovulação. Passada essa fase, a secreção tende a diminuir.

Libido aumentada

É na fase de ovulação que o desejo feminino aumenta. Afinal, fisiologicamente o organismo está pronto para fecundar e, automaticamente, isso se dá por meio de uma relação sexual.

Não é apenas a libido que aumenta, mas a produção de feromônios, substâncias que são exaladas pelo corpo com a finalidade de atrair e excitar o sexo oposto. A mulher também fica mais sensível, com o olfato mais apurado.

Aumento da temperatura corporal

No período fértil também é normal a temperatura basal da mulher aumentar, aproximadamente, meio grau. Isso pode ajudar aquelas que estão tentando engravidar a identificar os dias mais férteis, mas é necessário contar com a ajuda de um termômetro. Muitos médicos que ensinam as candidatas a engravidar recomendam medir a temperatura colocando o termômetro sob a língua antes de se levantar, pela manhã, desde o primeiro dia do ciclo menstrual. Quando o termômetro marcar uma temperatura mais elevada, provavelmente essa mulher estará na época fértil.

Como calcular o período fértil

Antes de calcular o período fértil é importante saber quando tempo dura seu ciclo menstrual. Normalmente, o primeiro dia do ciclo é dia que a menstruação desce. Portanto, o intervalo de tempo entre o início de cada menstruação é o seu ciclo menstrual.

Sabendo disso, o processo do cálculo é bem simples:


1. Descubra quanto tempo dura seu ciclo menstrual. Caso esse número varie a cada mês, monitore os intervalos por três meses e tente calcular um tempo médio.
2. Tendo em mãos a duração do ciclo, subtraia 14 deste número. Isso fará com que você descubra o dia da sua ovulação.
3. Como o período fértil é o intervalo de seis dias que acaba no dia da ovulação, pegue a data obtida no passo 2, conte cinco dias para trás e você saberá seu período fértil.

Por exemplo, se uma mulher tem um ciclo de 30 dias, sua ovulação deve ocorrer no 16º dia, ou seja, seu período fértil ocorre entre o 11º e o 16º dias do ciclo menstrual. Já uma mulher com ciclo de 28 dias terá a ovulação no 14º dia do ciclo, portanto ela é mais fértil entre o 9º e o 14º dias. Por fim, mulheres com ciclos de 26 dias ovularão no 12º dia do ciclo, ou seja, a fertilidade está em alta entre o 7º e o 12º dias do ciclo.

Mulheres que têm ciclos mais curtos ovulam mais cedo. Isso ocorre porque o ciclo menstrual é divido em duas fases:

  • Fase folicular: em que os folículos ovarianos se desenvolvem
  • Fase lútea: em que o corpo se prepara para uma possível gravidez.

Esses dois períodos são divididos justamente pela ovulação e enquanto a fase folicular pode variar de mulher para mulher, a fase lútea sempre dura 14 dias (por isso subtraímos 14 nesta conta).

Se o ciclo menstrual é irregular, como calcular o período fértil?

O ciclo menstrual considerado regular dura entre 25 e 30 dias. Uma mulher que tem ciclos com durações diferentes, mas que variam entre esses intervalos de tempo ainda são consideradas regulares.

Para fazer o cálculo nesse caso, basta chegar a uma média da duração desses ciclos. Por exemplo, se a mulher oscila entre ciclos de 27, 28 e 29 dias, a média são 28 dias de duração

Mulheres com ciclos muito longos ou muito curtos devem ser avaliadas com critério, pois muitas vezes elas podem não estar ovulando ou ovular muito cedo ou muito tarde, quando o corpo não está preparado para isso. Nesses casos é importante buscar um ginecologista.

Fontes consultadas

Ginecologista Joji Ueno, doutor em Ginecologia pela Faculdade de Medicina da USP e diretor e fundador da Clínica GERA

Ginecologista Renato Tomioka, membro da American Society of Reproductive Medicine (ASRM) e da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Estado de São Paulo (SOGESP) e diretor da clínica VidaBemVinda (SP)