Dedos que mudam de cor: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Dedos que mudam de cor?

Sinônimos: branqueamento dos dedos das mãos, dedos dos pés que mudam de cor, dedos das mãos pálidos, dedos dos pés pálidos

Dedos que mudam de cor nas mãos e pés geralmente causam preocupação e estranheza em quem as observa, porém tendem a não representar motivo para alarde.

PUBLICIDADE

A coloração avermelhada apresentada nas polpas dos nossos dedos são oriundas de uma rede muito fina de capilares sanguíneos, logo o vermelho que vemos é sangue. Uma mão saudável tende a ser corada, mas fatores externos como a temperatura podem causar dilatação ou contração dos vasos. Na primeira situação observa-se um aumento na intensidade da vermelhidão como podemos constatar quando estamos expostos ao sol. No segundo caso acontece uma palidez ou azulamento dos dedos decorrente da fuga de sangue das extremidades após a contração dos vasos visando diminuir a perda de calor num ambiente de frio. Vale lembrar que são reações fisiológicas, ou seja, reações naturais do corpo em resposta a fatores externos. Algumas pessoas são mais sensíveis a esses estímulos e podem apresentar tais nuances de cor às mínimas variações de temperatura ambiente.

Causas

Em alguns casos, a minoria, a mudança de cor dos dedos seja para vermelho intenso, branco ou azul, pode ser indício de aterosclerose, doença que se caracteriza no acúmulo de placas de colesterol nas artérias. Nesse caso, o sintoma dos dedos que mudam de cor se manifesta nos pés com muito mais frequência do que nas mãos.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Em casos que a mudança de cor dos dedos está relacionada à aterosclerose, outros sintomas como dor nas plantas dos pés e panturrilhas principalmente durante uma caminhada podem justificar uma consulta ao angiologista ou cirurgião vascular.

PUBLICIDADE

Diagnóstico de Dedos que mudam de cor

O diagnóstico da aterosclerose devido aos dedos que mudam de cor não demanda sofisticados exames complementares, e sim é feito através de exame físico. O cirurgião vascular está apto a apenas ao toque da pele e inspeção das pernas do paciente determinar o diagnóstico. Exames como eco doppler colorido, arteriografia e angiotomografia servem apenas para averiguar detalhes da circulação, extensão e gravidade dos problemas mas são desnecessários para o diagnóstico.

Cuidados

A medida mais adequada a ser tomada por quem apresenta dedos que mudam de cor é manter as extremidades protegidas de variações de temperatura e procurar a avaliação de um especialista.

Fontes e referências

  • Eduardo Fávero, angiologista e cirurgião vascular, membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e titulado pelo Instituto de Cirurgia Vascular e Endovascular de São Paulo (CRM-RJ 705.829)