Edema facial: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Edema facial?

Sinônimos: face inchada, inchaço da face, face lunar, edema facial

Edema facial é um inchaço que ocorre no rosto. Isso pode acontecer como resultado da pressão que é colocada na face durante o sono, pode surgir de uma lesão facial ou indicar uma condição médica subjacente.

PUBLICIDADE

O inchaço pode afetar apenas um lado do rosto ou ambos. Um edema facial também pode afetar o pescoço ou garganta. Se não houver lesões no rosto, edema facial pode indicar uma emergência médica.

Causas

A maioria das causas de edema facial são facilmente tratáveis. No entanto, algumas são graves e requerem atenção médica imediata. As causas mais comuns de inchaço facial incluem:

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Uma causa grave para edema facial é a reação alérgica. O inchaço pode vir acompanhado de outros sintomas, que se não forem tratados podem ser fatais. Tratamento médico adequado deve ser administrado imediatamente para evitar que a reação se transforme em choque anafilático.

Os sintomas de anafilaxia e choque anafilático incluem:

  • Inchaços em outras áreas do corpo
  • Dificuldade em respirar ou engolir
  • Urticária ou coceira
  • Ansiedade ou confusão
  • Tosse ou pigarro
  • Tonturas ou vertigens
  • Congestão nasal
  • Complicações cardíacas
  • Pressão arterial baixa
  • Fala arrastada.

Se você sentir quaisquer sintomas de anafilaxia, ligue para emergência imediatamente.

Os sintomas de choque anafilático podem surgir rapidamente. Sinais de um quadro grave incluem:

  • Respiração rápida
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Pulso fraco
  • Pressão arterial baixa
  • Em casos graves, pode ocorrer parada cardíaca ou respiratória.

As causas mais comuns para uma reação alérgica são:

  • Picadas de insetos
  • Medicamentos
  • Plantas
  • Pólen
  • Veneno
  • Marisco
  • Peixe
  • Nozes
  • Pelos de animais.
PUBLICIDADE

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar as causas de edema facial são:

  • Clínico geral
  • Pediatra
  • Dermatologista
  • Angiologista
  • Alergista e Imunologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • Além do edema facial, há outros sintomas?
  • Os sintomas são constantes ou vem e vão?
  • Você já teve edema facial antes?
  • Alguma coisa parece melhorar os sintomas?
  • Alguma coisa parece piorar os sintomas?
  • Há menos inchaço depois de uma noite de sono?
  • Quais os tipos de alimentos que você come regularmente?
  • Você restringe a ingestão de sal e alimentos salgados?
  • Você bebe álcool?
  • Você parece estar urinando normalmente?
  • Há inchaço apenas no rosto ou em outras partes do corpo?

Não hesite em fazer perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Fontes e referências

  • Revisado por: Tatiana Jerez, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (CRM-SP: 116926)
  • Manual Merck
  • Ministério da Saúde
  • Clínica Mayo