Edema na articulação: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Edema na articulação?

Sinônimos: inchaço de uma articulação

Um edema na articulação é o inchaço que ocorre no tecido mole ao redor de uma articulação, resultante do acúmulo de líquidos na região.

PUBLICIDADE

Causas

O inchaço da articulação pode ser causado por causas diversas, incluindo:

Diferentes tipos de artrite também podem causar edema na articulação:

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Procure assistência médica se você apresentar inchaço nas articulações acompanhado de outros sintomas, como febre.

PUBLICIDADE

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar as causas de edema na articulação são:

  • Clínico geral
  • Reumatologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • Além do edema na articulação, há outros sintomas?
  • Os sintomas são constantes ou vem e vão?
  • Alguma coisa parece melhorar os sintomas?
  • Alguma coisa parece piorar os sintomas?
  • Há menos inchaço depois de uma noite de sono?
  • Há inchaço em outras partes do corpo?

Não hesite em fazer perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Tratamento e Cuidados

Medicamentos para Edema na articulação

Uma edema na articulação pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Os medicamentos mais comuns no tratamento de edemas na articulação são:

Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

PUBLICIDADE

Fontes e referências

  • Ministério da Saúde
  • Mayo Clinic