Enfisema subcutâneo: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Enfisema subcutâneo?

Sinônimos: Crepitus; Ar subcutâneo; Enfisema de tecidos

O enfisema subcutâneo ocorre quando o ar ou outro gás, como o CO2, entra nos tecidos sob a pele. Os locais mais afetados são a pele que cobre a parede do tórax e no pescoço, mas também pode ocorrer em outras áreas.

PUBLICIDADE

Causas

O enfisema subcutâneo é raro e quando ocorre tem como possíveis causas:

  • Colapso pulmonar (pneumotórax), que normalmente acontece devido a uma fratura na costela
  • Fratura óssea facial
  • Ruptura do tubo bronquial
  • Ruptura do esôfago.

Estes problemas podem ocorrer devido a:

  • Um trauma bruto
  • Uso de cocaína
  • Lesões durante um mergulho
  • Queimaduras químicas no esôfago
  • Feridas de tiro
  • Forçar vômitos
  • Coqueluche
  • Esfaqueamento
  • Procedimentos médicos que envolvem colocar um tubo no corpo, como a endoscopia.

A gangrena nos braços, pernas e tronco também pode levar a complicação.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

A maioria das condições que levam ao enfisema subcutâneo são graves e por isso ao apresentar este problema a pessoa provavelmente já estará com acompanhamento médico.

PUBLICIDADE

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar uma enfisema subcutânea são:

  • Clínico geral
  • Pneumologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • A partir de quando você começou a apresentar esses sintoma?
  • Quais outros sintomas você apresentou?
  • Você sofreu algum acidente recentemente?
  • Você utiliza alguma droga?

Diagnóstico de Enfisema subcutâneo

O enfisema subcutâneo pode ser diagnosticado com uma avaliação física. Quando o médico apalpa o local, percebe que o enfisema produz uma sensação de estalido incomum, algo parecido com o gás vazando pelo tecido.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Enfisema subcutâneo

Normalmente, uma vez que a causa do enfisema subcutâneo é identificada e tratada corretamente o enfisema é absorvido naturalmente. Contudo, pode ser necessário o uso de oxigênio suplementar para facilitar a absorção.

PUBLICIDADE

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

Como o enfisema subcutâneo normalmente envolve o pescoço ou parte superior do tórax do paciente, há o risco das vias aéreas serem comprometidas. Por isso, durante o tratamento é necessário avaliar o paciente constantemente em busca de sintomas de desconforto respiratório. Caso haja obstrução das vias áreas, a intubação pode ser necessária.

Fontes e referências

  • Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos