Enjoo matinal: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Enjoo matinal?

Sinônimos: náusea durante a gravidez, náusea da gravidez, vômito durante a gravidez

Enjoo matinal é um sintoma típico da gravidez que envolve náusea e vômito. Apesar do nome, o enjoo matinal pode ocorrer em qualquer hora do dia durante a gestação, sendo mais comum no primeiro trimestre.

PUBLICIDADE

Nem sempre a pessoa que está grávida irá experimentar enjoo matinal, e a gravidade dos sintomas também pode variar de uma gestação para outra. Nem sempre o tratamento é necessário, mas alguns casos podem ser graves e levar a hiperêmese gravídica.

Alimentos aliviam enjoos na gravidez?

Causas

As causas de enjoo matinal não são claras, mas acredita-se que as mudanças hormonais do período sejam responsáveis pelo sintoma. Fatores psicológicos mudanças no funcionamento gastrointestinal também estão entre as causas de enjoo matinal.

Muitos médicos e médicas acreditam que o enjoo matinal é um bom sinal, indicando que a placenta está se desenvolvendo adequadamente.

Fatores de risco

O risco de enjoo matinal na gravidez é maior se:

  • Há histórico de náuseas e vômitos por cinetose, enxaqueca, reação a cheiros e sabores ou à exposição ao estrogênio antes da gravidez
  • Há histórico de enjoo matinal da gravidez anterior
  • A gravidez é de gêmeos ou múltiplos

O risco de hiperêmese gravídica é maior se:

  • Há história familiar de hiperêmese gravídica
  • Há histórico pessoal de hiperêmese gravídica durante uma gravidez anterior

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Marque uma consulta médica se:

PUBLICIDADE

Na consulta médica

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • Quão graves são os sintomas?
  • Além do enjoo e vômitos, há outros sintomas?
  • Alguma coisa parece desencadear os sintomas?
  • Os sintomas são mais comuns em algum momento do dia ou noite?
  • Quais vitaminas e medicamentos você está tomando?
  • Alguma coisa parece melhorar os sintomas?
  • Alguma coisa parece piorar os sintomas?

Também é importante levar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar. Para enjoo matinal, algumas perguntas básicas incluem:

  • O que está causando meus sintomas?
  • Sentirei enjoo matinal durante toda a gravidez?
  • Quais medicamentos eu posso tomar durante a gravidez?
  • Essa condição coloca o bebê em risco?
  • Quais cuidados eu posso tomar em casa?

Não hesite em fazer outras perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Tratamento e Cuidados

Cuidados

A maioria dos casos de enjoo matinal não necessita de tratamento. Se os sintomas persistem, no entanto, podem ser prescritos suplementos de vitamina B-6 anti-histamínicos e, possivelmente, medicamentos anti-náusea. Se há sinais de hiperêmese gravídica, o médico ou médica irá indicar o melhor tratamento para o seu caso.

Confira abaixo os principais hábitos que podem evitar enjoos durante a gestação.

Coma de três em três horas

Cultivar o hábito de comer de três em três horas não é apenas saudável pelo fato de acostumar o organismo a receber alimentos em horários pré-estabelecidos, mas também evita exageros nas principais refeições. Assim, quanto menos comida precisamos digerir, mais rápido é o processo de esvaziamento do estômago. Quando a comida fica retida por muito tempo no estômago, maior a chance de a gestante ter refluxo, gastrite e náusea.

Faça repousos

Levando em conta fatores psicológicos que podem desencadear enjoos, como estresse e ansiedade, a melhor maneira de evitar o problema é fazendo repousos periódicos. Além disso, quando estamos em repouso, nosso corpo consegue direcionar o fluxo sanguíneo para funções específicas do corpo, como a digestão, acelerando o processo.

Pratique exercícios

Atividades leves, como a caminhada, favorecem a digestão, proporcionam a sensação de bem-estar e aliviam o estresse emocional. Quando fazemos uma atividade prazerosa, nosso corpo libera endorfinas, substâncias que melhoram nossa disposição física e mental e até aliviam dores.

Seja a motorista

A recomendação de dirigir ao invés de ser o passageiro em passeios de carro é dada não apenas a gestantes, mas a todas as pessoas que costumam sentir enjoo quando estão em movimento. Afinal, quem controla o veículo não é pego de surpresa em curvas, desvios e brecadas, o que poderia causar mal estar. Entretanto, o estado geral de saúde da gestante deve ser avaliado. Se a gravidez for caracterizada por desmaios frequentes, por exemplo, ela deve ser impedida de dirigir, pois pode causar acidentes.

Evite movimentos bruscos

Quando estamos em repouso, deitados ou sentados, nosso sangue alcança uma distribuição uniforme pelo corpo. Por isso, quando realizamos movimentos bruscos, como levantar rapidamente, há uma queda repentina da pressão arterial, o que pode causar mal estar, enjoo e até desmaio. Tais reações são mecanismos de defesa do corpo, pois nos impedem de prosseguir uma atividade até que o fluxo sanguíneo seja restabelecido.

Evite líquidos durante as refeições

A dieta para quem quer evitar enjoos e vômitos deve ser seca e fracionada. Assim, ela recomenda que molhos, caldos e condimentos sejam evitados nesta fase. Além disso, levando em conta a teoria de que o estômago da gestante leva mais tempo para esvaziar, ao ingerirmos líquido durante as refeições, criamos um bolo alimentar ainda maior, dificultando a digestão.

Diminua a ingestão de café

Todo alimento de gosto ou odor acentuado pode piorar enjoos e náuseas, portanto, o consumo de café deve ser diminuído ou cortado da dieta. Fique atenta ainda ao fato de o excesso de café é um estimulante, aumentando, assim, a frequência cardíaca da mãe e do bebê.

Afaste-se de odores fortes

Algumas gestantes têm seus enjoos desencadeados por odores fortes e variados. Por isso, assim que o cheiro responsável pela náusea for identificado aconselha-se ficar longe dele e evitar consumir o alimento até o momento em que ele não incomodar mais.

PUBLICIDADE

Fontes e referências

  • American Pregnancy Association
  • The American College of Obstetricians and Gynecologists
  • Clínica Mayo