Nictalopia: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Nictalopia?

Sinônimos: cegueira noturna

Nictalopia, ou cegueira noturna, é um tipo de problema de visão em que as pessoas não conseguem enxergar direito durante a noite ou em ambientes pouco iluminados. Apesar do termo “cegueira” implicar na perda total da visão, este não é o caso, uma vez que o paciente apresenta apenas mais dificuldade para enxergar.

PUBLICIDADE

Alguns tipos de nictalopia podem ser tratados e revertidos, e outros não, apenas o médico poderá determinar qual é o caso através dos exames do paciente.

Causas

São várias as possíveis causas de nictalopia, incluindo:

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Procure ajuda médica caso esteja com dificuldade para enxergar em qualquer ocasião. O oftalmologista verificará como está a sua visão e recomendará o melhor tratamento.

PUBLICIDADE

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar nictalopia são:

  • Oftalmologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar tempo. Desta forma, você já pode chegar ao consultório com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que tenha e medicamentos, vitaminas ou suplementos que tome com regularidade
  • Se possível, leve um acompanhante

O médico, além de verificar o seu histórico médico e fazer exames comuns nos olhos, pode solicitar um exame de sangue para medir a quantidade de vitamina A e o nível de açúcar no sangue. Os resultados dirão se a nictalopia poderá ser tratada ou não.

O tratamento inclui o uso de lentes corretivas para o dia e noite.

Prevenção

Prevenção

A prevenção da nictalopia dependerá da sua causa. Se for causada por condições genéticas, como a síndrome de Usher, não podem ser prevenidos. Contudo, manter os níveis de açúcar no sangue controlados e ingerir uma dieta balanceada pode ajudar a evitar o seu aparecimento. Também pode ajudar, neste sentido, ingerir alimentos ricos em vitamina A, que normalmente têm a cor laranja, como melões, batata doce, cenouras, abóboras e mangas.

Fontes e referências

  • Universidade de Iowa