Seios sensíveis e inchados: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Seios sensíveis e inchados?

Sinônimos: sensibilidade e inchaço nas mamas, tensão pré-menstrual, Dores nas mamas (mastalgia); Edema nas mamas

Seios sensíveis e inchados são muito comuns durante o ciclo menstrual. No geral, o sintoma ocorre durante a segunda metade do ciclo, próximo à menstruação ou durante ela. Os sintomas da sensibilidade mamária podem ser mais leves ou graves e tendem a melhorar com o fim da menstruação e início de um novo ciclo.

PUBLICIDADE

Durante aproximadamente 28 dias, o corpo da mulher sofre diversas alterações que preparam o útero para receber um bebê. Entre o décimo e o vigésimo dia do ciclo ocorre o período de ovulação, e junto com ele a elevação dos níveis de estrógeno. Esse hormônio é um dos responsáveis por controlar o nosso bem-estar. Nos dias seguintes, à ovulação , a camada interna do útero que se chama endométrio começa a engrossar, como se estivesse preparando uma "cama" para o possível bebê. Nessa fase ocorre uma ligeira queda nos níveis de estrógeno e elevação nas taxas de progesterona o que caracteriza a segunda fase do ciclo menstrual, que dura de 12 a 14 dias.

Essa alteração, quando muito brusca, já pode causar uma série de sintomas, incluindo os seios sensíveis e inchados. Passados esses dias, o endométrio começa a descamar e ser eliminado na forma de menstruação, gerando com ela uma outra queda hormonal, dessa vez na progesterona e no estrógeno. Por isso em algumas mulheres os sintomas podem ser ainda mais intensos durante a menstruação.

Além da TPM, a sensibilidade nas mamas também podem ser sinal de alguma doença como mastopatia fibrocística da mama, que é benigna, a antiga displasia mamária. Não se sabe ao certo porque esse problema acontece, mas acredita-se está relacionado com os níveis hormonais, uma vez que é mais comum nas mulheres no menacme (período reprodutivo), e perimenopausa.

como controlar a TPM

Causas

Entre as causas de mamas sensíveis e inchadas estão:

  • Ciclo menstrual
  • Gravidez
  • Displasia mamária (alteração funcional benigna das mamas)
  • Medicamentos a base de estrogênio, como pílulas anticoncepcionais.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

É importante que toda mulher faça auto exame das mamas de preferência logo após a menstruação escolha uma data para criar a rotina, pois assim qualquer diferença é percebida . Marque uma consulta médica se você:

  • Percebeu alguma alteração no tecido mamário, como um espessamento ou endurecimento da pele
  • Percebeu nódulos na mama
  • Apresenta qualquer tipo de secreção na mama
  • A sensibilidade nas mamas atrapalha suas atividades diárias.

Todas as mulheres a partir dos 40 anos tem que se submeter uma vez por ao exame clínico das mamas pelo médico ou enfermeira capacitada .

Todas as mulheres a partir dos 50 anos precisam fazer mamografia a cada dois anos mesmo sem sentir qualquer coisa, ,para diagnostico de lesões não palpáveis. Quando o diagnostico do câncer de mama é feito precocemente a chance de cura é de 85% .

Todas as mulheres em qualquer idade pode fazer mamografia sempre que seu médico achar necessário.

PUBLICIDADE

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar as causas de mamas sensíveis (dolorosas) e inchadas são:

  • Clínico Geral
  • Ginecologista
  • Mastologista.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que a paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ela tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • Eles são contínuos ou ocasionais?
  • Os sintomas coincidem com a sua menstruação ou ocorrem antes dela?
  • Você está grávida ou suspeita de gravidez?
  • Você toma anticoncepcionais?
  • Você faz reposição hormonal?
  • Quais outros medicamentos você toma?
  • Quais outros sintomas você tem, além de sensibilidade e inchaço na mama?
  • Você tem outros problemas de saúde?

Não hesite em fazer outras perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Fontes e referências

  • Revisado por: Lindinalva Giovanni, ginecologista e obstetra do laboratório Atalaia (CRM-SP 36269)
  • Gustavo Badan, Coordenador do Setor de Procedimentos Intervencionistas em Mastologia do Femme Laboratório da Mulher - CRM SP 111294
  • Sociedade Brasileira de Mastologia