Sesamoidite: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Sesamoidite?

Para entender o que é sesamoidite, é preciso saber o que eles são e onde se localizam. A maioria dos ossos no corpo humano é ligado pelas juntas ósseas. No entanto, existem alguns ossos que não são conectados diretamente - em vez disso, eles estão ligados apenas aos tendões (cordão feito de tecido conjuntivo) - estes são os sesamoides. A patela (rótula do joelho) é o maior sesamoide que temos no corpo humano. Dois outros sesamoides muito pequenos (aproximadamente do tamanho de um grão de milho) são encontrados na parte dianteira do pé próximo ao dedão, ficando um no lado exterior do pé e a outros mais perto do meio do pé – e são esses os afetados pela sesamoidite.

PUBLICIDADE

Os sesamoides agem como polias. Eles proporcionam uma superfície lisa sobre a qual deslizam os tendões, aumentando assim a capacidade de transmitir forças musculares. Os sesamoides no pé ajudam na descarga de peso e a elevar os ossos do dedo grande do pé. À semelhança de outros ossos, os sesamoides podem quebrar ou os tendões que os rodeiam podem ficar irritados ou inflamados. Isto é chamado de sesamoidite e é uma forma de tendinite. É comum entre bailarinos e corredores.

Sintomas

Sintomas de Sesamoidite

O principal sintoma de sesamoidite é a dor, focada sob a sola ou dedão do pé. Com a sesamoidite, a dor pode desenvolver-se gradualmente, ao contrário de uma fratura, cuja dor é imediata.

Inchaço e hematomas podem estar ou não presentes e você pode ter dificuldade em dobrar e esticar o dedo grande do pé.

Diagnóstico e Exames

Diagnóstico de Sesamoidite

Ao apresentar os sintomas de sesamoidite, você deverá procurar um médico. Ele irá analisar seus ossos e pedir-lhe para dobrar e esticar o dedo do pé. O médico também pode dobrar o dedo polegar para cima em direção à parte superior do pé, para ver se a dor se intensifica.

Seu médico irá solicitar um raio-x do pé para garantir um diagnóstico adequado. Ele também pode pedir um raio-X do outro pé para comparar a estrutura óssea.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Sesamoidite

O tratamento geralmente é conservador. No entanto, se as medidas conservadoras falham, o seu médico pode recomendar a cirurgia para remover o osso sesamoide.

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Algumas medidas devem ser tomadas para evitar o agravamento da sesamoidite:

  • Parar as atividades que causam dor
  • Tomar analgésicos
  • Descanse a sola de seus pés no gelo. Não aplique gelo diretamente sobre a pele, enrolando-o em uma toalha ou usando uma bolsa própria para compressas
  • Use sapatos de sola macia e salto baixo, de preferência com palmilhas ortopédicas
  • Use uma bora ortopédica para aliviar o estresse da região
  • Retorne às atividades de forma gradual, conforme indicação médica, e continue a usar a bota ortopédica. Evite atividades que colocam peso nas pontas dos pés. O médico pode recomendar uma injeção de esteroides para reduzir o inchaço.

Prevenção

Prevenção

A melhor forma de prevenir a sesamoidite é utilizar calçados com palmilhas ortopédicas e bom amortecimento, adequado aos seus pés e pisada. Saltos altos e calçados com solados finos favorecer a sesamoidite, bem como calçados com solados finos e muito flexíveis, como as sandálias rasteiras.

Fontes e referências

  • Weldson Muniz, ortopedista do Hospital Santa Luzia