Soluços: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Soluços?

Sinônimos: singulto

Um soluço é um movimento não intencional (espasmo) do diafragma, o músculo que fica na base dos pulmões. Esse espasmo é seguido por um fechamento rápido da glote, o que prejudica a passagem de ar para os pulmões e, assim, produz o som característico do soluço.

PUBLICIDADE

Causas

Um soluço pode ter diversas causas. Na maioria dos casos, apesar de incômodas e desagradáveis, as crises de soluços são passageiras e não exigem tratamento. Em outros casos, no entanto, o soluço pode ser sinal de um problema de saúde mais grave. Veja:

  • Distensão gástrica pela ingestão de bebidas com gás, principalmente refrigerante
  • Alimentação em grande volume
  • Mudanças súbitas de temperatura de alimentos ingeridos ou mesmo da pele (como na saída da sauna e entrada em uma ducha gelada)
  • Ingestão excessiva de bebidas alcoólicas
  • Gargalhadas
  • Deglutição de ar
  • Reflexo de uma cirurgia abdominal
  • Sinal de doença ou desordem que irrita os nervos que controlam o diafragma (como a pleurisia ou pneumonia)
  • Ingestão de bebidas ou alimentos quentes ou condimentados
  • Vapores químicos danosos ao sistema respiratório
  • AVC
  • Tumor cerebral
  • Tabagismo
  • Estresse e ansiedade.

No entanto, situações de soluços persistentes ou recorrentes já foram relacionadas a mais de uma centena de causas possíveis, entre elas muitos problemas relacionados ao sistema nervoso, ao metabolismo e a outros fatores ambientes e emocionais. O ideal, nesses casos, é procurar ajuda médica para identificar a origem do problema.

Fatores de risco

Você já reparou que bebês têm soluços recorrentes? Isso acontece porque os pequenos ainda não tem o sistema nervoso totalmente desenvolvido, de forma que não atua adequadamente sobre o diafragma.

Hábitos inadequados de saúde, como fumar, ingerir grandes quantidades de álcool e falar enquanto come também estão diretamente relacionados à ocorrência de uma crise de soluços.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Soluços não são necessariamente uma emergência médica. Aliás, muito pelo contrário. Crises de soluço quase nunca representam um problema de saúde mais grave e passam sozinhas, sem necessidade de intervenção especializada. No entanto, se as crises forem muito reincidentes e, principalmente, persistentes, talvez seja melhor consultar um médico para saber qual a causa exata dos soluços.

PUBLICIDADE

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar um soluço são:

  • Clínico geral
  • Pneumologista
  • Neurologista
  • Otorrinolaringologista
  • Gastroenterologista
  • Ortopedista
  • Reumatologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Você tem soluços facilmente?
  • Quanto tempo a última crise de soluço durou?
  • Você comeu algo recentemente que pode ter despertado uma crise de soluço?
  • Você tomou bebidas gaseificadas recentemente, como refrigerantes?
  • Você se expôs a algum vapor recentemente que possa ter causada alguma irritação ao seu trato respiratório?
  • Você tomou alguma medida para tentar aliviar os soluços? E funcionou?
  • Você já teve soluços antes? E o que você fez na época? Passou sozinho?
  • Qual foi a eficácia do tratamento caseiro para suas crises de soluço?
  • Os soluços pararam por um tempo e depois recomeçaram?
  • Você tem outros sintomas? Quais?

Tratamento e Cuidados

Medicamentos para Soluços

Um soluço pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Os medicamentos mais comuns no tratamento de soluços são:

Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

PUBLICIDADE

Fontes e referências

  • Ministério da Saúde
  • Hospital Israelita Albert Einstein
  • Mayo Clinic