Sons abdominais: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Sons abdominais?

Sinônimos: sons abdominais

Sons abdominais são os ruídos produzidos no tubo digestivo, estômago, intestinos delgado e grosso. Esses barulhos são comuns e não representam nenhum problema. Contudo, se eles são muito frequentes, o barulho está diferente do usual ou não há nenhum som, pode ser sinal de algum problema no sistema digestivo.

PUBLICIDADE

Causas

Os sons abdominais normalmente estão ligados ao processo movimentação do tubo digestivo, chamado de peristalse. Pode ocorrer tanto como o estômago vazio ou cheio e representam a movimentação dos fluidos gastrointestinais e o ar nele contidos. Habitualmente, são notados na fase de digestão, que costumam acontecer quando o intestino processa a comida. Esses sons aparecem algumas horas após a pessoa se alimentar, às vezes até nos momentos em que ela está tentando dormir.

Esses barulhos ainda podem ser classificados em:

  • Hipoativos, que normalmente indicam redução na atividade intestinal
  • Normoativos ou o som normal
  • Hiperativos, em que os sons são altos e frequentemente podem ser escutados por outras pessoas.

Ter ambos os tipos de sons abdominais de tempos em tempos é normal, mas apresentar qualquer dos dois frequentemente pode ser sinal de algum problema no local.

Outras causas dos sons abdominais, mas que normalmente aparecem ligadas a outros sintomas são:

No caso de sons abdominais hiperativos, eles podem ser devidos a:

Já a ausência ou diminuição dos barulhos intestinais (sons abdominais hipoativos), podem estar ligados:

  • Ao uso de certas medicações, como a codeína
  • Exposição à radiação
  • Danos intestinais
  • Cirurgia no abdômen.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Normalmente não há razão para se preocupar com os sons abdominais, uma vez que eles são normais durante a digestão dos alimentos. Contudo, caso apareçam outros sintomas, como febre, dores, excesso de gases, sensação de barriga inchada, sangramento, vômitos entre outros, pode ser necessário procurar ajuda médica para verificar a causa do problema.

PUBLICIDADE

Na consulta médica

Caso os sintomas estejam incomodando, o paciente pode procurar a orientação de um clínico geral, que se desconfiar de algum problema poderá passar o caso para um gastroenterologista.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar ao consultório com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos, vitaminas ou suplementos que ele tome com regularidade.

No caso de outros sintomas, além de escutar com o auxílio de um estetoscópio os sons abdominais, o médico pode pedir vários exames. Dentre eles:

  • Endoscopia
  • Tomografia computadorizada
  • Exames de sangue.

O tratamento dependerá da condição médica que está causando o problema.

Fontes e referências

  • Revisado por: Décio Chinzon, gastroenterologia da Diagnósticos da América (DASA) - CRM-SP: 49552